Fiat Grand Siena 2020

Versões Grand Siena 2020

Grand Siena 2020Attractive 1.0L EVO Flex 4P

Resumo

Versão de entrada com motor 1.0 e câmbio de 5 marchas, vem com ar-condicionado, direção hidraúlica e vidros e travas elétricos. Pode ser equipado com GNV de fábrica.

Resumo Grand Siena 2020:

O sedan compacto da montadora, que se tornou um dos sedans mais baratos do mercado brasileiro, ainda faz muito sucesso no Brasil sendo a única opção do mercado com GNV de fábrica e está disponível em 2 versões a 1,0 Attractive e a 1.4 Attractive, ambas com câmbio manual.

As mudanças que a Fiat fez na linha 2020 foram bastante discretas, mudaram grade dianteira e moldura dos faróis de neblina do Fiat Grand Siena. Com suas linhas sóbrias e aspecto de sedan básico, o conjunto deu um ar um pouco mais jovial ao sedan, na parte traseira as lanternas continuam as mesmas vazando na tampa do porta-malas com um desenho que pode parecer um pouco o Fiat Cronos. Isto se intensifica porque o logo da Fiat também foi mudado e agora é o mesmo dos carros mais modernos da montadora e faz parte do novo design de identidade da Fiat. As calotas também foram redesenhadas ganhando um pouco mais de modernidade, maçanetas e retrovisores na cor do carro podem ser adquiridos como opcionais e tornam o conjunto ainda mais harmônico.

Equipado com os antigos motores 1.0 e 1.4 Fire de 75 e 88 cavalos, respectivamente, nas duas motorizações o Fiat Grand Siena vem com câmbio manual de cinco marchas e tração dianteira. O ruído forte dos motores Fire continua mesmo com os ajustes feitos nos últimos anos pela Fiat.

Com o motor 1.0, o Fiat Grand Siena acelera de 0 a 100 km/hora em 15,8 segundos e tem velocidade máxima de 161 km/hora. O desempenho é bastante modesto e chega a dificultar a condução na estrada quando carregado. Já o Fiat Grand Siena Attractive 1.4 consegue entregar um desempenho melhor para o carro e condiz um pouco mais com um sedan, mesmo sendo popular. Ele não tem desempenho de esportivo obviamente, mas suporta bem levar o carro mesmo carregado. Com este motor ele faz de 0 a 100 km/hora em 12,5 segundos e alcança velocidade máxima de 175 km/hora. O consumo do 1.4 não é tão maior que o do 1.0, ele roda 7,7 km/litro na cidade e 11,1 km/litro na estrada com etanol e 9,4 km/litro e 13,5 km/litro com gasolina, respectivamente na cidade e na estrada, enquanto o 1.0 percorre 7,9 km/litro na cidade e 11,2 km/litro na estrada com etanol e 9,5 km/litro e 13,6 km/litro quando é abastecido com gasolina. A pequena diferença no consumo é compensada pela grande diferença no desempenho, tornando o Fiat Grand Siena Attractive 1.4 uma compra melhor para quem vai usar o carro na estrada.

Como opcionais o Fiat Grand Siena tem dois kits, um que traz alguns detalhes externos e internamente o volante e o banco do motorista com regulagem de altura que ajudam a encontrar uma posição para dirigir que seja pelo menos razoável, porque neste quesito, o sedan entrega que é um projeto bastante antigo. O desempenho do Fiat Grand Siena fica um pouco aquém quando o carro está carregado e isto aumenta se optar por ter o GNV que deixará o sedan ainda mais pesado e consequentemente mais lento, mas isto não é problema para o público que opta pelo gás como combustível, já que em geral é para transporte de passageiros na cidade que ele é utilizado neste caso.

O espaço interno do Fiat Grand Siena continua sendo seu trunfo podendo levar muito bem até cinco passageiros e traz espaço de sobra para a bagagem com seu porta-malas de 520 litros, um dos maiores da categoria de sedans. Com o kit Creative 1, o Fiat Grand Siena vem com vidros traseiros e retrovisores elétricos e a forração das portas é em tecido, o que deixa o visual interno um pouco mais agradável.

Por se tratar do sedan mais barato do mercado brasileiro, o Fiat Grand Siena até que é bem equipado, de série ele vêm com ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas e computador de bordo. Com o kit Creative 2, acrescenta equipamento de som com USB e Bluetooth.

O kit multimídia não dá nem para pensar no Fiat Grand Siena, mesmo com todos os equipamentos opcionais. O painel é ultrapassado, mas tem boa visualização com o básico de instrumentos (conta-giros, velocímetro e hodômetro) além das funções do computador de bordo.

No pacote Creative 2 do Fiat Grand Siena, há o sensor traseiro de estacionamento, único item oferecido pela Fiat para a segurança, além dos obrigatórios airbags dianteiros e freios ABS.

O ponto forte do Fiat Grand Siena é mesmo o preço, a concorrência tem feito estratégia similar, a Chevrolet com a chegada do novo Onix também manteve o antigo Prisma com a carroceria antiga, mas o chamará de Chevrolet Joy Plus e disputará mercado com os famosos e velhos conhecidos Nissan Versa e Volkswagen Voyage no mercado de sedans populares. Este mercado tem em seus pontos fortes, o preço, a confiança dos consumidores nestes carros, uma boa mecânica e excelente espaço interno, para quem está curto de grana. Mas se você quer um carro um pouco mais completo e não precisa de um sedan, há as opções dos hatchs compactos de entrada das montadoras que na mesma faixa de preço é possível comprá-los nas versões intermediárias e em alguns casos nas versões topo de linha. Neste leque entram Renault Kwid, Fiat Mobi, Fiat Uno e Volkswagen Gol. Enfim, o Fiat Grand Siena continua sendo uma boa opção de compra para quem precisa de um sedan e quer gastar pouco.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O consumo do Fiat Grand Siena 1.0 2020 é de 9,5 km/litro na cidade e 13,6 km/litro na estrada com gasolina. Com álcool, o consumo é de 7,9 km/litro na cidade e 11,2 km/litro na estrada.

O Fiat Grand Siena 1.4 tem 88 cavalos de potência máxima alcançando a velocidade máxima de 175 km/hora e acelerando de 0 a 100 km/hora em 12,5 segundos.

O Fiat Grand Siena 2020 é comercializado a partir de R$ 44.990,00, em sua versão de entrada, o Fiat Grand Siena Attractive 1.0, até R$ 48.990,00, na versão topo de linha, com motor 1.4.