Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Honda CR-V

Versões CR-V

CR-V

CR-V

Resumo

Versão única com motor 1.5 turbo a gasolina, câmbio CVT de 7 marchas e tração integral. Vem com itens de segurança ativa, e é completo em equipamentos de conforto.

Resumo CR-V:

No topo da linha dos SUVs da montadora, o Honda CR-V é completo, potente e com muitos itens de segurança ativa e conforto, é comercializado em versão única com motor 1.5 turbo, câmbio CVT de 7 marchas e tração integral.

No design o Honda CR-V tem vincos bem marcados no capô e nas laterais, com todos os faróis, inclusive os de milha e a luz de ré em LED. Na dianteira, o acabamento na parte inferior imita um spoiler marcando a nova identidade da Honda. A caixa de rodas é bem marcada e com proteção em plástico preto que atravessa toda a lateral na parte inferior das portas dando certo estilo ao SUV grande da Honda. As rodas são aro 18 diamantadas, com detalhes em preto e a saída do escapamento é dupla e toda área dos vidros tem um detalhe cromado, inclusive sobre a janela vigia, assim como o rack do teto. Na traseira, as lanternas vão desde a tampa do porta-malas subindo nas laterais do vidro, um recurso antigo usado em muitos outros carros, mas que tem um desenho muito mais ajustado no Honda CR-V, abaixo do vidro traseiro uma faixa cromada que dá muito estilo ao SUV. O para-choque traseiro robusto com a parte superior pintado em preto finaliza com detalhe prata como na dianteira.

O motor do Honda CR-V é o 1.5 com 16 válvulas e turbo da Honda, que foi ajustado para entregar 190 cavalos de potência e movido somente à gasolina. A tração é integral e automática dependendo das condições do terreno, o câmbio é o mesmo CVT que tem o simulador de 7 marchas do Honda Civic.

O desempenho do Honda CR-V segue o padrão da concorrência, chegando à velocidade máxima de 201 km/hora e acelerando de 0 a 100 em 10,1 segundos. O consumo também condiz com o porte e o desempenho do carro, não é nenhum grande símbolo de economia, mas não desaponta, rodando 8,5 km litro na cidade e 12,5 na estrada.

O câmbio fica numa altura bem elevada o que melhora e muito a dirigilidade, ponto forte do Honda CR-V, que tem um rodar bem mais macio que muitas concorrentes. A entrada de ar dianteira abre e fecha quando necessário, ficando a maior parte do tempo de uso urbano fechada o que melhora bastante a aerodinâmica da SUV, o que também diminui o nível de ruído na cabine que ainda tem a tecnologia de alto-falantes que captam sons externos e reproduz sons mais parecidos com o do carro. Com vão livre de quase 21 centímetros e a tração integral o Honda CR-V também faz bonito em terrenos mais difíceis, ou seja, é um SUV que faz jus ao nome e serve mesmo para uso misto assimilando-se a um confortável sedan, mas podendo encarar aventuras sem problemas.

E não é só no rodar que o Honda CR-V se assemelha aos sedans, o espaço interno é maior que de várias concorrentes e o conforto está presente para até cinco passageiros, o assoalho é plano e ainda há saídas de ar na parte traseira e duas conexões USB. Com acabamento superior aos sedans da Honda, podendo ser comparado somente com o Honda Accord, o material das portas e acabamentos são em couros misturados com material emborrachado de bom toque, além da cabine bastante silenciosa, como comentei contigo anteriormente. O porta-malas comporta 640 litros, cabendo uma mala grande para cada um dos cinco passageiros.

O SUV topo de linha da Honda é oferecido com um pacote bem completo de equipamentos que inclui teto solar elétrico, chave presencial com acionamento de abertura e fechamento das portas por botão, ar-condicionado digital com duas zonas, direção elétrica progressiva, freio eletrônico e partida por botão. Também há sensor para abertura da tampa do porta-malas passando o pé abaixo do para-choque e também é possível regular a altura de abertura da tampa no caso de garagens mais baixas e conta com sensor para não fechar sobre a cabeça ou a mão.

O console é todo emborrachado com detalhes que imitam madeira e que acompanha o desenho da porta. O volante é forrado em couro e do lado esquerdo do volante ficam os comandos do kit multimídia e do lado direito computador de bordo. O painel tem uma tela digital de 7 polegadas muito completa, na esquerda medidor de temperatura analógico e na direita de nível de combustível, ele é separado em três partes com a tela digital em alta resolução no centro. A Honda não dispensa o Display espelhado no vidro dianteiro mesmo trazendo o kit multimídia. O Honda CR-V tem duas entradas USB na dianteira, uma somente para recarga e uma que funciona tanto para recarga quanto para a transferência de dados para o kit multimídia, que tem o GPS integrado e carregamento por indução para celulares, há também duas entradas USB no console traseiro.

Com alguns diferencias, a Honda dispõe alguns itens exclusivos para a segurança no CR-V como espelho vigia dentro do porta-óculos, seis airbags com as bolsas laterais bem grande indo até os bancos traseiros. O Honda CR-V conta também com sistema de alerta de ponto cego com câmera lateral quando acionada a seta, freios ABS e assistentes de tração e estabilidade.

A concorrência acirrada faz com que o consumidor tenha muito a observar na hora de comprar um SUV médio, o Honda CR-V tem a seu favor espaço interno e a confiabilidade da marca Honda. Jogam contra um projeto relativamente antigo e que deve sofrer modificações nos próximos anos, além da vantagem que a Toyota RAV4 leva sobre todos os seus concorrentes com o novo motor híbrido já na versão 2020 e a tecnologia de ponta e prazer ao dirigir da Peugeot 5008 com o novo I-cockpit. Mas, neste agitado mercado, a escolha também passa pelo gosto e preferência de marca do consumidor, há que comparar porque entre todos os SUVs alguns levam vantagem em alguns aspectos enquanto outros levam em itens diferentes. O Honda CR-V além de ser muito espaçoso e ter o motor turbo com acelerações mais rápidas em baixa, também tem consumo e desempenho condizentes com o segmento, fica na sua mão qual vai para a sua garagem.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O consumo do Honda CR-V é de 8,5 km/litro na cidade e 12,5 km/litro na estrada com gasolina. Comercializado em versão única, o Honda CR-V tem motor movido somente a gasolina.

O Honda CR-V tem 173 cavalos de potência máxima alcançando a velocidade máxima de 201 km/hora e acelerando de 0 a 100 km/hora em 10,1 segundos.

O Honda CR-V é comercializado a partir de R$ 209.900,00, em sua versão única, o Honda CR-V Touring com motor turbo e lista completa em equipamentos de conforto e segurança.