Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Jeep Compass 2020

Versões Compass 2020

Compass 2020

Limited 2.0 L Turbo Diesel

Resumo

Vem com os mesmos equipamentos da Limited 2.0 flex, mas com o motor 2.0 turbodiesel, tração 4x4 e câmbio automático de 9 marchas.

Resumo Compass 2020:

O Jeep Compass é fabricado desde 2007 e foi lançado no Brasil em 2016, já na sua segunda geração, ele é produzido na planta automobilística da Jeep, no Pernambuco. Com mecânica confiável, o modelo é o mais vendido entre os SUVs médios. Com duas opções de motor, duas de câmbio e duas de tração, o leque de possibilidades bastante amplo para ter seu Jeep Compass. O Jeep Compass está disponível em 5 versões, sendo: a de entrada Sport, a intermediária Longitude, a topo de linha Limited, a aventureira Trailhawk e a partir deste ano a exclusivíssima Série S.

Com visual moderno, lembrando uma mini Gran Cherokee, com a grade dianteira mais arredondada que outros SUVs e dividida com sete grades com o Jeep Wrangler e a própria Cherokee, tem a silhueta com os faróis bastante afilados. Na lateral, um duplo vinco bem distante do chão fazendo uma volta como se fosse para dentro do carro, deixando o visual interessante e ajudando e muito na aerodinâmica. O Jeep Compass pode vir na versão básica, Sport com rodas de 17 polegadas, nas versões Longitude e Limited é de 18 polegadas já na série S e Trailhawk o visual é ainda mais com as rodas de 19 polegadas. A traseira fecha o projeto com estilo e mantém a robustez típica do segmento do Jeep Compass, com faróis em LED misturando a transparência com laranja e um para-choque robusto. Com o design mais moderno que a maioria das SUVs, o carro conquistou o mercado brasileiro e incomodou até seu irmão menor e mais barato, o Jeep Renegade.

As versões Sport, Longitude e Limited do Jeep Compass são vendidas com o motor 2.0 flex de 166 cavalos, tração 4X2 e câmbio automático de seis marchas, já as versões Trailhawk e a Série S vem um motor 2.0 biturbo a diesel, tração 4X4 e câmbio automático de nove marchas.

Com ambos os motores, o SUV tem comportamento de carro mais leve, não chega a ser um esportivo, mas o desempenho é um dos seus pontos fortes, com o motor flex o Jeep Compass alcança a velocidade máxima de 192 km/hora e acelera de 0 a 100 km/hora em 10,6 segundos, os números são muito parecidos nas versões com o motor diesel, que acelera de 0 a 100 km/hora em 10 segundos e tem velocidade máxima de 194 km/hora. Quem paga a conta de tanto desempenho é você no posto de combustível, o consumo é um dos pontos fracos do SUV, na versão flex o carro roda 6,1 e 7,5 km/litro com etanol, respectivamente na cidade e na estrada, e quando o combustível é gasolina rende nestas mesmas circunstâncias 8,8 e 10,8 km/litro. Com o motor diesel é um pouco mais econômico, mas ainda assim o consumo não é um trunfo do Jeep Compass, o carro com este conjunto mecânico roda 10,1 km/litro na cidade e 13,7 km/litro na estrada.

A posição elevada ao dirigir e o ajuste de direção em altura e profundidade já é um trunfo de todas as versões do Jeep Compass, mas nas versões topo de linha ela é inigualável com o banco do motorista com ajuste elétrico e memória para oito posições, a partida remota e o ajuste de modo de direção para cinco terrenos.

Os bancos em couro que estão disponíveis a partir da versão Limited do Jeep Compass, podem ser caramelo, preto ou cinza, tem excelente ergonomia e são bastante confortáveis. O espaço interno do SUV deixa um pouco a desejar para os passageiros do banco traseiro, isto quando nos referimos ao seu segmento e faixa de preço. O porta-malas é razoável, seguindo o padrão dos carros do segmento, com 410 litros, o que possibilita carregar bem até três malas médias.

Sensor de chuva no limpador dos para-brisas, acendimento automático dos faróis, chave presencial, vidros, travas e retrovisores elétricos, por exemplo, são oferecidos desde a versão básica, a Sport. No Jeep Compass Limited o que aumenta são os equipamentos de automação para a direção como o auxiliar de estacionamento semi-automatizado e outras tecnologias. Já as versões Trailhawk e Série S são completíssimas com ar-condicionado de duas zonas, alavanca para trocas de marchas no volante e bancos em couro. O teto solar elétrico é opcional mesmo na versão topo de linha.

O painel é moderníssimo em alta resolução com o conta-giros e velocímetro nas laterais e no meio uma tela digital de alta definição com muitas funcionalidades do computador de bordo B. Na versão Sport a tela do kit multimídia é de 7 polegadas e nas demais versões é 8,4 polegadas. O sistema é bem completo e a tela é sensível ao toque, o sistema tem GPS integrado, espalhamento para celulares, carregamento por indução e saídas USB.

As versões topo de linha do Jeep Compass não oferecem só equipamentos para o conforto, na segurança também são muito recheadas, 8 airbags, alerta de limite de velocidade e de troca de faixa, freio de estacionamento eletrônico, controle de estabilidade e estabilidade para trailer, anti-colisão, anti-capotamento e câmera de ré. Freios a disco nas quatro rodas e a estabilidade em curvas a tornam segura mesmo nas versões de entrada, mas as versões mais básicas ficam devendo alguns itens importantes para o segmento e preço do Jeep Compass.

O Jeep Compass alia tecnologia, classe e robustez em seu projeto, aliado a conforto e alta oferta de equipamentos em suas versões intermediárias e topo de linha, são relativamente básicas nas versões de entrada. A melhor opção para quem quer conforto com toda a beleza do SUV é o Jeep Compass Limited, isto entre as com motores a gasolina e a Trailhawk com motor a diesel e quem tem uma grana sobrando vale a pena o novo Jeep Compass Série S, que beira acabamento e equipamentos de sedans de luxo, o Compass está na mesma faixa de preço de Volkswagen Passat, Hyundai Azera e Toyota Camry, eles tem mais espaço interno e são mais requintados, mas, não tem o visual robusto do Jeep Compass, vai depender da sua necessidade e do seu estilo para esta escolha. Em um concorrido mercado com o Volkswagen T-Cross, Honda HR-V; Peugeot 3008 e o moderníssimo Peugeot 5008, além dos renovados Caoa CAOA Chery Tiggo 7 e Chevrolet Tracker e o próprio Jeep Renegade em suas versões topo de linha, jogando pesado quando falamos de preço, o Jeep Compass ainda tem tudo para se manter líder do mercado de SUVs no Brasil.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O consumo do Jeep Compass 2020 2.0 flex é de 10,1 km/litro na cidade e 13,7 km/litro na estrada com gasolina. Com álcool o consumo é de 8,8 km/litro na cidade e 10,8 km/litro na estrada.

O Jeep Compass 2020 2.0 turbodiesel tem 170 cavalos de potência máxima alcançando a velocidade máxima do é 194 km/hora e acelerando de a 0 a 100 km/hora em 10 segundos.

O Jeep Compass 2020 tem preços a partir de R$123.474,00 na versão de entrada, o Compass Sport AT, chegando até R$ 209.337,00 na versão topo de linha, o Compass Série S 2.0.