Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Nissan Frontier 2020

Versões Frontier 2020

Frontier 2020

S MT 4x4

Resumo

Versão de entrada com motor 2.3 diesel biturbo, câmbio manual e tração 4x4, com ar-condicionado, volante multifuncional e vidros, travas e retrovisores elétricos.

Frontier 2020

Attack AT 4x4

Resumo

Versão de intermediária com motor 2.3 diesel biturbo, câmbio automático de 7 macrhas e tração 4x4, acresce kit multimídia e visual mais agressivo.

Frontier 2020

XE AT 4X4

Resumo

Mesmo conjunto mecânico da versão Attack, acresce em equipamentos vidros com função one-touch, câmera 360 graus com sensores e bancos com regulagem elétrica.

Frontier 2020

LE AT 4x4

Resumo

Mesmo conjunto mecânico da versão XE, acresce em equipamentos 6 airbags, bancos em couro, além de oferecer teto solar elétrico como opcional.

Resumo Frontier 2020:

Apesar de não ser um sucesso de vendas, o Nissan Frontier tem bom desempenho e é mais confortável que suas concorrentes, mas para oferecer isto tem preço um pouco mais alto que os líderes do mercado Toyota Hilux e Chevrolet S10. Lançada em 2002 no Brasil, a picape chegou a ser líder de vendas no seu segmento em 2016, após uma forte remodelação, mas com os ajustes no design e no preço dos concorrentes, a melhor picape média do mercado brasileiro foi perdendo espaço. No leque de versões todas são bem equipadas e com tração 4X4: desde o Nissan Frontier S, versão de entrada, passando pela bem estilizada versão, Nissan Frontier Attack e as topo de linha que tem acabamento muito próximo de sedans de luxo, o Nissan Frontier XE e LE.

Com uma grande grade dianteira com detalhes cromados assim como maçanetas e capas de retrovisores, aliados com as rodas de liga leve exclusivas das versões topo de linha e o rack de teto, o Nissan Frontier mostra todo sua robustez desde o primeiro olhar. Alto e imponente como seus concorrentes, o Nissan Frontier tem linhas um pouco mais suaves na dianteira e um conjunto muito harmônico nas laterais. Os faróis são todos em LED para todas as versões do Nissan Frontier 2020 nas versões topo de linha e a grade tenta simular a renovação do design na linha Nissan com os cromados fazendo parecer um V no capô.

O Nissan Frontier é equipado com o motor 2.3 diesel biturbo com 16 válvulas e 190 cavalos de potência e tração 4X4 em todas as versões. Com a opção de redução de emissão de gases poluentes a Nissan cumpre um papel importante para motores movidos a diesel. Na versão básica, o Nissan Frontier S, vem somente com câmbio manual e nas demais versões Attack, XE e LE com o câmbio automático de sete marchas com opção de função sequencial manual.

A picape da Nissan desenvolve velocidade máxima de 180 km/hora e faz de 0 a 100 km/hora em 12,5 segundos, bom desempenho para uma picape média, o melhor rendimento do Nissan Frontier e que o deixa com vantagem sobre seus concorrentes, está nas retomadas e nas ultrapassagens, com o motor trabalhando com melhor torque em baixas velocidades. O consumo é um pouco melhor que o de outras picapes do seu segmento com motorização diesel, na cidade o Nissan Frontier faz 8,9 km/litro e na estrada 10,1 km/litro.

Sem os solavancos típicos das picapes, o Nissan Frontier dispara na frente das concorrentes, o que poderia ser um pouco mais leve é a sua direção hidraúlica, para isto bastaria uma direção elétrica progressiva especial para a picape, já o prazer ao dirigir é um dos seus pontos fortes em todos seus modelos. O Nissan Frontier tem um projeto de carroceria tão bem ajustado que foi da Nissan que a Mercedes decidiu comprar a plataforma para o desenvolvimento de sua picape. Isto nos permite concluir que realmente o bom desempenho off-road aliado com o excelente torque para ultrapassagens e retomadas e o câmbio bem regulado tornam ela a melhor picape média, quando falamos de prazer ao dirigir.

Como qualquer picape, o conforto nos bancos traseiros é bastante prejudicado pelos bancos muito finos e com ângulo de quase noventa graus, também ficou devendo saída USB para os passageiros do banco traseiro, o que alivia algo no conforto de quem viaja no banco traseiro são as saídas do ar-condicionado. Na dianteira faltaram alguns detalhes de toque macio que estão presentes somente nos apoios para os braços.

Na versão topo de linha, o Nissan Frontier LE, não fica faltando quase nada, a sua chave presencial rebate os retrovisores com um toque, o ar-condicionado é digital, o vidro one-touch só está disponível para o motorista assim como o ajuste elétrico do banco que além da LE, equipa a versão XE, em conjunto com o acabamento dos bancos em couro. Oferece teto solar elétrico como opcional, um bom diferencial com relação às outras picapes médias, bem equipada ficou devendo a capota marítima pelo menos como opcional.

O volante multifuncional está em todas as versões, já o kit multimídia não é oferecido na versão S, que conta somente com rádio e Bluetooth. No multimídia do Nissan Frontier a tela é de oito polegadas e tem espelhamento para celulares, conexão wi-fi, saídas USB e GPS integrado. Bem funcional, o painel com alta resolução traz o necessário e ainda tem uma bússola, o volante que poderia ter o design um pouco mais simpático, parece que a Nissan não teve o trabalho de desenhar um próprio para sua picape e só aumentaram o volante do seu hatch de entrada, o Nissan March e o puseram em sua picape.

Nas versões básica e intermediária o Nissan Frontier oferece apenas airbag duplo para motorista e passageiro do banco dianteiro, já na versão LE, topo de linha, vem com seis airbags, enquanto apoio de cabeça e cintos de três para todos os passageiros, assim como âncoras Isofix e freios ABS com EDB equipam todas as versões. Câmeras 360 graus para estacionamento também só na versão topo de linha e câmera de ré e sensor traseiro de estacionamento só a partir XE, segunda opção abaixo da LE, nas versões básicas dá trabalho mesmo estacionar a gigante. O assistente de descida com programação de velocidade também equipa todas as versões é item importante para fechar um pacote razoável na segurança, com ele é possível definir a velocidade em terrenos difíceis e ir só conduzindo o Nissan Frontier sem deslizar. No teste da Latin NCap, teve nota 4 tanto para passageiros adultos quanto para crianças.

Ótima opção de compra o Nissan Frontier só perde para seus concorrentes com relação ao preço, isto faz com que se você não está preocupado com quanto vai gastar o Frontier, principalmente na versão topo de linha LE seja a melhor compra em se tratando de picape média. Agora para gastar menos vale a pena comparar as versões intermediárias com a Volkswagen Amarok, Chevrolet S10, Ford Ranger e Toyota Hillux, cada com seus prós e contras. Na mesma também com opção 4x4, mas menos espaço para passageiros e carga estão os SUVs médios, Jeep Compass, Toyota RAV4, Volkswagen Tiguan, Chevrolet Equinox e o Honda CR-V. Mas sua escolha poderá tender ao Nissan Frontier se o mais importante para você é o conforto e o prazer ao dirigir um gigante que quase se confunde com um sedan de tão confortável.