Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Nissan March 2019

Versões March 2019

March 2019

1.6 SL CVT

Resumo

Versão topo de linha com mesmo conjunto mecânico da SV CVT, acresce ar-condicionado digital, rodas aro 16 e câmera de ré.

March 2019

1.6L SV

Resumo

Versão intermediária com motor 1.6 e câmbio manual de cinco marchas, acresce volante multifuncional, kit multimídia e retrovisores e vidros traseiros elétricos.

March 2019

1.6 SV CVT

Resumo

Versão intermediária com motor 1.6 e câmbio CVT de seis marchas, em equipamentos é idêntica a SV 1.6 com câmbio manual.

Resumo March 2019:

O projeto do Nissan March já entrega os anos do carro, desde 2011 o carro é produzido no Brasil sobre a mesma plataforma passando por leves remodelações, com o design sempre tendo sido um ponto muito questionado, o March nunca foi uma unanimidade neste quesito. Os faróis em estilo quase retro na dianteira estão mais arredondados que nos modelos anteriores, mas ainda assim é o mesmo carro, com o capô bem marcado com três vincos e uma lateral bastante comum que fecha o conjunto com uma caída reta na traseira e lanternas que parecem estar externas à carroceria e spoiler integrado à tampa do porta-malas alguns adoram o visual outros já não gostam nem um pouco. No visual o SV dispõe de faróis tanto dianteiros quanto traseiros com máscara negra dando um toque de esportividade ao topo de linha.

O March é oferecido com os motores 1.0 com potência de 77 cavalos e 1.6 com 16 válvulas com 111 cavalos de potência com opção de câmbio manual de cinco marchas ou o CVT automático da Nissan nas versões topo de linha. Formando o leque de versões SV 1.0 e 1.6 com câmbio manual, SV 1.6 com câmbio automático e o topo de linha SL 1.6 com câmbio automático.

No desempenho o March não surpreende, mas tampouco apresenta números diferentes de seus concorrentes. Com o motor 1.0 o carro acelera de 0 a 100 km/hora em 15 segundos e atinge velocidade máxima de 154 km/hora. Já com o motor 1.6 ele atinge os 100 km/hora em 10,6 segundos e atinge velocidade máxima de 186 km/hora. Quando falamos de consumo o mesmo acontece com o motor 1.0 ele roda 8,8 km/litro na cidade e 10,4 km/litro na estrada quando abastecido com etanol e 12,9 km/litro na cidade e 15 km/litro quando usamos gasolina. O 1.6 tem melhor relação custo-benefício apesar de gastar um pouco mais de combustível a diferença no desempenho compensa, nas versões com este motor o March faz 7,8 e 9,8 km/litro, respectivamente na cidade e na estrada com etanol e 11,7 e 14,5 km/litro nestas mesmas situações quando abastecido com gasolina.

Nas retomadas e ultrapassagens as versões com motor 1.6 tem uma excelente resposta, isto porque o March é bastante leve, ele pesa menos de uma tonelada e com os 111 cavalos desta motorização fica bem tranquilo empurrar pouco peso e retomar e acelerar com bastante facilidade. O câmbio CVT de marcha única também ajuda porque utiliza o torque desde as rotações mais baixas. Resultado aliado com um projeto bastante confortável com o volante com regulagem de altura e profundidade da versão SL e a direção elétrica progressiva o March é muito confortável ao dirigir nas versões topo de linha.

Apesar do projeto antigo o March tem o nível de acabamento e conforto interno igualável aos seus concorrentes mais modernos e em alguns aspectos até superior, o carro é muito bem ajustado como todo Nissan os tecidos tem bom toque e viajam bem quatro pessoas, o porta-malas com 265 litros não é um dos pontos fortes do March mesmo tratando-se de um compacto.

Apesar do projeto antigo o March é bem equipado, com ar-condicionado, direção elétrica progressiva, vidros de todas as portas, travas e retrovisores elétricos, volante com regulagem de altura, computador de bordo, áudio e telefone com comando no volante em todas as versões. A SL se diferencia das demais versões com o ar-condicionado digital exclusivas rodas de 16 polegadas, revestimento das portas em tecido e console em black piano.

Completando o pacote que faz do March um carro muito completo para o seu segmento, todas as versões contam com kit multimídia apesar da versão topo de linha SL ter um sistema diferente, desde a versão de entrada, o kit já possui espelhamento para celulares Android e IOS e navegador. A diferença para a SL é que o sistema tem conexão para wi-fi e é possível baixar vários aplicativo. O painel é simples com tela laranja para as funções do computador de bordo entregando a idade do projeto, mas é funcional, somente na versão SL tem uma pequena tela de fundo negra com iluminação em branco e melhor resolução.

Básico na segurança apresenta somente a lista obrigatória para os carros comercializados no mercado brasileiro contando com duplo airbag e freios com ABS e EDB, a versão topo de linha, SV, acrescenta somente a câmera de ré, o March obteve notas baixas no teste de segurança da Latin Ncap.

Para quem quer o desempenho e confiança da marca Nissan vale a pena esperar o novo March que deve chegar em meados de 2020 com visual renovado já dentro do novo padrão de design da Nissan, o V-Motion com a grande grade dianteira em V, o no March também trará mais espaço para passageiros e bagagem. Agora se você quer economizar na compra e levar um compacto completão e gostoso de dirigir ainda vale a pena investir no March que deve ter preços promocionais neste ano com o anúncio do novo modelo. Fora isto, só fique de olho porque o March por nunca ter sido um carro muito querido pelo mercado brasileiro tem forte desvalorização no mercado de usados e também vale a pena ver as muitas possibilidades do segmento com mais oferta de modelos no Brasil.