Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Peugeot Boxer Minibus 2021

Versões Boxer Minibus 2021

Boxer Minibus 2021

Minibus 15+1

Resumo

Versão para passageiros com motor 2.0 turbodiesel e câmbio manual de seis marchas, conta com saídas de ar-condicionado e luz de leitura para os passageiros.

Resumo Boxer Minibus 2021:

Utilitário de porte grande para o transporte de passageiros, o Peugeot Boxer Minibus 2021 é comercializado em versão única, a Minibus 15+1 com o potente e econômico motor 2.0 turbodiesel ecológico, câmbio automático de 6 marchas e muitos itens de conforto para os passageiros.

O Peugeot Boxer Minibus 2020 já tem o design atualizado dos carros mundiais da montadora francesa, apesar disto, é bastante parecido com seus concorrentes, o que dá um toque mais moderno é a grade dianteira com detalhes atravessando-a e o para-choque dianteiro gigante que chega até os faróis os separando em dois na parte inferior. Nas laterais, vincos bem marcados nos para-lamas e na parte inferior das portas. A traseira assim como no utilitário médio da Peugeot, o Expert, a porta dupla e os faróis pequenos dão mais cara de carro de transporte mesmo do que tenta ser moderno. O teto elevado também é bastante descuidado parecendo ter sido colocado em cima do Boxer Minibus depois dele ter sido fabricado.

Equipado com motor 2.0 turbodiesel ecológico da Peugeot que entrega 130 cavalos de potência máxima ao Boxer Minibus, o câmbio é manual de seis marchas, o que dá um pouco de fôlego para o utilitário; a tração é dianteira.

Apesar de o motor ser o de menor cilindrada se você comprar entre todos os concorrentes do segmento, o Peugeot Boxer Minibus acelera de 0 a 100 km/hora em 22 segundos, devagar como todos utilitários grandes, mas dentro da média, o mesmo acontece com a velocidade máxima de 160 km/hora. Assim como o desempenho o consumo do Boxer Minibus está dentro da média e oscila pouco na cidade o utilitário roda 9,5 km com um litro de diesel, enquanto na estrada este número sobe sensivelmente para 9,6 km/litro.

Na dirigibilidade é difícil vencer o Peugeot Boxer Minibus, a montadora preza mesmo por uma boa posição ao dirigir, o que completa isto é a regulagem de altura dos bancos e o ajuste lombar, além dos de distância e altura do volante. Ao acelerar não espere muito, o utilitário tem dificuldade para retomadas e ultrapassagens quando está muito carregada, mas isto é comum a todos os carros do segmento. Estabilidade e pouco ruído interno são pontos fortes do Peugeot Boxer e a suspensão foi muito bem ajustada para as ruas brasileiras.

Para carregar bem os 16 passageiros no interior do Boxer Minibus faltou um pouco de espaço, apesar dos bancos muito confortáveis e reclináveis para todos os passageiros, saída de ar-condicionado em todas as fileiras e a mesa de trabalho que pode ser montada com os apoios de braço, os bancos do minibus são um pouco mais estreitos que os de outros utilitários grandes. Apesar deste inconveniente, o Boxer ainda é mais confortável que todos seus concorrentes, exceto que o Sprinter. Ponto a favor do Peugeot Boxer é que mesmo transportando os 16 passageiros tem capacidade de 1.000 litros no porta-malas, o que possibilita todos os passageiros levem uma bagagem pequena.

Bem equipado, o Peugeot Boxer Minibus vem de série com direção elétrica progressiva, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos.

O painel é simples, mas de visual agradável, os plásticos são bem ajustados, mas com desenho bem quadrado e antigo. O utilitário vem equipado com rádio AM-FM com entrada para cabo USB e também tem Bluetooth, o kit multimídia não passou nem perto do Boxer Minibus.

Dentre os itens de segurança, o Peugeot Boxer Minibus também é bem equipado em se tratando de um utilitário de grande porte e tendo bom preço em comparação com seus concorrentes. Além dos itens obrigatórios, ou seja, airbags frontais e dos freios ABS com EDB, o utilitário da Peugeot vem de série com cinto de segurança para todos os passageiros, luz traseira de neblina, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em subidas e terceira luz de freio, estes itens não estão disponíveis em nenhum de seus concorrentes.

No geral, o Peugeot Boxer Minibus supera Fiat Ducato e Renault Master em desempenho, equipamentos de conforto, itens de segurança e desempenho. O Boxer também é o segundo com melhor preço, só é um pouco mais caro que o Ducato, sendo mais barato que Renault Master e Mercedes-Benz Sprinter. Agora se você quer comprar um utilitário confortável, com muitos equipamentos, inclusive com acessórios de tecnologia e está disposto em desembolsar um pouco mais o Sprinter realmente é superior a todos seus concorrentes. Conta a favor do Peugeot Boxer Minibus, que ele é o com maior compartimento de cargas, mesmo com todos os assentos ocupados, é o que tem a maior oferta de itens de segurança, e é um dos utilitários grandes mais baratos, estes aspectos o deixam com a melhor relação custo-benefício no segmento.