Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Peugeot Partner

Versões Partner

Partner

Furgão

Resumo

Versão de motor única com motor 1.6 e câmbio manual de cinco marchas, básico em equipamentos, mas traz ar-condicionado e tem capacidade de carga de 3000 litros.

Resumo Partner:

Dos poucos remanescentes no mercado de utilitários leves, o Peugeot Partner é o que traz mais itens de conforto e mesmo sem chamar muita atenção é o com o design mais atualizado, comercializado em versão única, o utilitário tem motor 1.6, câmbio manual e 3.000 litros de capacidade de carga.

Mesmo se tratando de um utilitário leve o projeto do Peugeot Partner já entrega seus anos. Os faróis na dianteira ficam bem, alinhados com a grade que ainda mantem o modelo antigo da Peugeot e que já foi substituída inclusive nos utilitários maiores da Peugeot. Na lateral uma barra de proteção preta ajuda um pouco o visual das rodas de aço sem calotas e na tampa traseira, os faróis pequenos e na parte inferior sobre o para-choque também demonstram que ela tem muitos anos. Apesar de não ser o ponto forte de nenhum utilitário dava para cuidar um pouquinho mais do visual do Peugeot Partner.

O Peugeot Partner 2020 vem com o motor 1.6 de 16 válvulas que equipa o restante da linha Peugeot e tem 122 cavalos de potência, o câmbio é manual de cinco marchas e a tração é dianteira.

Apesar do motor mais moderno e mais potente do que seu principal concorrente, o desempenho do Peugeot Partner não é muito superior, acelerando de 0 a 100 km/hora em 11 segundos e tem velocidade máxima de 173 km/hora, apesar de tudo ainda é o melhor do segmento de utilitários leves neste aspecto. O consumo é bastante alto para um carro voltado para o trabalho, quando abastecida com etanol ela roda 6,7 km/litro na cidade e 7 km/litro na estrada, enquanto com gasolina o Partner furgão percorre 9,6 km/litro na cidade e 10 km/litro na estrada.

Mais confortável para dirigir o Peugeot Partner oferece regulagem de altura para o volante e o banco do motorista de série, mais parecido com carro de passeio e com melhores retomadas e arranque para as ultrapassagens ainda sendo bastante silenciosa em se tratando de um utilitário leve, ela tem como ponto positivo o conforto ao dirigir.

O conforto interno pelo acabamento é um pouco superior também ao do concorrente, mas não espere muito por se tratar de um utilitário, o que conta a favor do Peugeot Partner é que ele tem capacidade de carga de 3.000 litros, a maior do segmento. Além do melhor espaço, o Peugeot Partner traz ganchos para cargas sensíveis, o acesso pelas portas traseiras se abrem em 180 graus e é fácil tirar o estepe mesmo quando o furgão está todo carregado. Apesar de espartano, os bancos têm tecido de boa qualidade e boa ergonomia.

Nos equipamentos o furgão da Peugeot também é superior de seu concorrente, vindo de série com faróis com regulagem de altura, ar-condicionado e direção hidráulica.

O painel do Peugeot Partner é bastante simplório, mas tem as informações básicas do computador de bordo em uma tela digital ainda daquelas de baixa resolução, mas no geral, o visual ainda agrada com detalhes em cinza no console central e um relógio na parte superior, volante também tem melhor aparência que das suas concorrentes, isto sempre foi uma prioridade na Peugeot. O kit multimídia passa bem longe do Partner, ela sequer vem rádio ou alto-falantes que tem que ser postos a parte para quem quiser ouvir música enquanto trabalha.

Na segurança, o utilitário traz o básico e obrigatório, contando com os airbags frontais e freios ABS com EDB.

Como o estilo costuma não importar muito no mercado de utilitários leves, o Peugeot Partner tem muitas vantagens em relação ao seu concorrente, é mais confortável, tem maior oferta de equipamentos e ainda é a que tem o melhor desempenho. Além do design, um item importante joga contra o Peugeot Partner, que apesar do melhor desempenho acaba tendo o pior consumo. Para você decidir qual comprar entre as poucas opções do mercado e que tem preço similar, vão ser duas questões que você terá que verificar, ter mais conforto e desempenho, mas gastando um pouco mais no posto de gasolina e comprar o Peugeot Partner, ou aceitar o acabamento e ruído do Fiat Fiorino gastando um pouco menos com combustível.