Renault Sandero GT Line 2021

Versões Sandero GT Line 2021

Sandero GT Line 20211.0

Resumo

Versão de entrada com motor 1.0 e câmbio manual, equipada com controle de estabilidade, ar, direção, kit multimídia e assistente de saída em rampas.

Resumo Sandero GT Line 2021:

Esportivado da família Sandero, o Renault Sandero GT Line foi criado como uma versão do hatch e atualmente é vendido como um modelo separado, mesma estratégia que a montadora teve para o Renault o esportivo RS e para o aventureiro Stepway. O Renault Sandero GT Line 2021 vem com duas opções, uma com motor 1.0 e outra com motor 1.6, além de algumas mudanças em questão de equipamentos e um design renovado, parecido com a versão RS do Sandero. Com o GT Line, a Renault promete uma versão do Zen com um visual mais esportivo, sem mexer muito na mecânica. Mas será que a montadora acertou na reestilização do modelo? Para quem quer estilo de esportivo e o desempenho não é algo importante, sim, o Renault Sandero GT Line cumpre bem seu papel entregando uma boa lista de equipamentos com bom preço e o excelente espaço interno da linha Sandero.

O design do Renault Sandero GT Line 2021 possui mudanças sutis em relação às outras versões do Sandero 2021. Entre as poucas mudanças, herdadas do Sandero RS, estão: a presença de um aerofólio traseiro, retrovisores cinza, máscara negra nas lanternas e faróis de neblina. Sendo assim, o Sandero GT Line 2021 mantém o design mais suave do Sandero padrão, trazendo alguns aspectos do Sandero RS, opção esportiva da marca. Logo o GT Line é uma mistura, de um hatch padrão, mas com cara de esportivo. Além disso, o Renault GT Line 2021 possui rodas de 15”, com a opção de mudar para 16”, na versão 1.6. Algo interessante, é que o GT Line vem com a opção de ser equipado com bancos exclusivos da versão, o que pode diferenciar um pouco seu design, o aproximando de um esportivo de verdade. Ainda sobre o design do interior, o GT Line apresenta detalhes em azul, assim como as luzes do painel, trazendo um visual mais padronizado e o distanciando um pouco das outras versões do Sandero.

O Renault Sandero GT Line 2021 vem com duas opções de motor, ambos flex. A primeira opção é um motor de 1.0, onde a gasolina consegue 79 cavalos de potência e 10,2 Kgfm de torque, já usando etanol o GT Line atinge 82 cavalos e 10,5 kgfm de torque. Na segunda opção, o Renault Sandero GT Line possui um motor 1.6, com 115 cavalos de potência e 16,0 kgfm de torque, com gasolina, já com etanol o motor chega a 118 cavalos de potência e 16,0 kgfm. Além disso, a versão 1.0 vem com transmissão manual de 5 velocidades e a versão 1.6 vem com transmissão automática CVT, com 6 velocidades simuladas. Todas as versões do Renault Sandero GT Line 2021 tem tração dianteira.

O Renault Sandero GT Line 2021 não é muito potente, o que mostra que a versão é um esportivo apenas na aparência, mas esta é a proposta, um esportivado com muito estilo e comportamento de hatch compacto. Sua aceleração, na opção 1.0 é 0 a 100 km/h em 13,3 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 163 km/h. Enquanto o Sandero GT Line na versão com motor 1.6, consegue ir de 0 a 100 km/h em 11 segundos, atingindo velocidade máxima de 177 km/h. O desempenho mais modesto traz ganhos no consumo Renault Sandero GT Line 1.6 roda 8,6 km/litro na cidade e 9,2 km/litro na estrada quando abastecido com etanol. Quando o combustível é a gasolina, percorre 12,8 km/litro na cidade e 13,4 km/litro na estrada. No Sandero GT Line 1.0 2021 estes número são melhores ainda com o hatch percorrendo 9,5 km/litro com etanol e 13,1 km/litro com gasolina. Já na estrada, respectivamente com os mesmos combustíveis, roda 9,6 e 14,2 km/litro.

O Sandero GT Line possui uma aceleração lenta e sua potência não é das melhores, mas é uma opção para quem apenas quer ter uma aparência esportiva, sem perder uma experiência de um hatch padrão. Mesmo a versão 1.6 ainda acaba não sendo tão potente. Além disso, o Sandero GT Line tem regulagem de banco e volante, trazendo mais conforto para quem está dirigindo. Sua suspensão acaba sendo um ponto forte e uma característica da família Sandero. Por isso, o Renault Sandero GT Line 2021 possui menos ruídos e tremores.

O Renault Sandero GT Line 2021 herda o conforto dos demais modelos Sandero. Por isso, se aproxima mais de modelos urbanos, do que dos modelos esportivos. Assim, a Renault não abriu mão do espaço interno generoso para o Sandero GT Line, que, com certeza, trará conforto para todos os ocupantes. O porta-malas também é um ponto positivo que a Renault acertou, com 320 litros de espaço total, neste ponto o GT Line se destaca quando comparado com outros hatches.

O Renault GT Line 2021 vem com todos os equipamentos que são oferecidos na versão Zen do Sandero, entre eles: computador de bordo; sensor de estacionamento; vidros elétricos; ar- condicionado; central multimídia. Além destes equipamentos, são acrescentados ao GT Line: vidros elétricos traseiros; retrovisores elétricos; bancos exclusivos para a versão 1.6; sistemas Eco Coaching e Eco Driving.

A central multimídia do Renault Sandero GT Line 2021 fica toda focada na tela de 7 polegadas, que possui um sistema que a Renault chama de MEDIA Evolution, o qual tem suporte para Apple CarPlay e Android Auto. Com isso, você poderá usar serviços de navegação, como Waze e Google Maps, ouvir músicas em serviços de streaming e assistir a conteúdos, também por streaming. Algo padrão nos modelos atuais. O painel do Sandero GT Line 2021 tem velocímetro analógico central, conta-giros e uma tela digital com informações do computador de bordo, bastante simplista, mas dentro do padrão do segmento e de carros da mesma faixa de preço.

Em segurança, o Renault Sandero GT Line não é dos mais completos, mas oferece alguns itens além do básico. Além dos equipamentos padrão, como freios ABS, o Renault Sandero GT Line 2021 vem com: 4 airbags frontais (sendo dois deles laterais); assistente de partida em rampas (presente apenas na versão 1.6) e controle de estabilidade.

O Renault Sandero GT Line 2021 cumpre aquilo que foi feito para ser, um hatch com cara de esportivo, mas sem ter um desempenho esportivo. Algumas diferenças interessantes de outros modelos da linha estão presentes no GT Line, mas são focadas principalmente na parte visual. É como se ele fosse uma junção, trazendo a mecânica da versão Zen, com o design esportivo da versão RS. Tudo isso por um preço justo, que, inclusive, tem pouca diferença do Zen, algo a se considerar na hora de escolher o Renault Sandero GT Line. Se você busca um modelo com design esportivo e com desempenho mediano, o Renault Sandero GT Line 2021 com certeza é para você. Os equipamentos de segurança deixam um pouco a desejar, ficando apenas no básico e não incluindo muitas opções. Por falar em opção, a versão 1.6 do Renault Sandero GT Line parece um pouco mais completa, trazendo equipamentos e funcionalidades interessantes.