Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Toyota Yaris Hatch

Versões Yaris Hatch

Yaris Hatch

XL Live Man 1.3L

Resumo

Versão de entrada com motor 1.3 e câmbio manual de 6 marchas. Em equipamentos, traz computador de bordo, ar, vidros e travas elétricos e comando do rádio no volante.

Yaris Hatch

XL Live Aut 1.3L

Resumo

Versão de entrada com motor 1.3 e câmbio CVT com sete marchas. Em equipamentos, traz computador de bordo, ar, vidros e travas elétricos e comando do rádio no volante.

Yaris Hatch

XL Plus Connect 1.5L

Resumo

Versão de entrada com motor 1.5 e câmbio CVT com 7 marchas, traz kit multimídia, com tela sensível ao toque e espelhamentos para celulares.

Yaris Hatch

Xs Connect 1.5L

Resumo

Versão intermediária com o mesmo conjunto mecâncio da XS Plus, mas acrescenta alguns itens de conforto e segurança ativa.

Yaris Hatch

X Way Connect 1.5L

Resumo

Versão aventureira com mesmo conjunto mecânico e equipamentos da XS Connect, com para-choque e detalhes externos mais robustos

Yaris Hatch

XLS Connect 1.5L

Resumo

Versão topo de linha com a mesma mecânica das demais versões 1.5, em equipamentos tem muitos itens de conforto a mais, como ar digital, partida por botão, entre outros.

Resumo Yaris Hatch:

O Toyota Yaris Hatch compartilha o segmento de hatchs compactos da Toyota com o Toyota Etios, mas está um pouco acima em termos de equipamento e conforto, ficando entre ele e o Toyota Corolla na versão sedan que é derivado do hatch premium da Toyota. Como concorrentes diretos o VW Polo e praticamente todos os outros hatchs de entrada de outras montadoras em suas versões topo de linha. Disponível em seis versões o Toyota Yaris Hatch 2020, pode ser encontrado na versão básica, o Yaris Hatch XL Live 1.3 com câmbio manual ou automático, em duas versões intermediárias, o Yaris Hatch XL Plus Connect 1.5 e XS Connect 1.5 e, no topo de linha o Yaris Hatch XLS Connect 1.5 CVT divide o espaço com a versão aventureira, o Yaris Hatch X Way Connect.

O Yaris Hatch tem um design bastante mais moderno e agrada mais no visual do que suas gerações antigas e do que seu irmão menor, o hatch de apelo popular da Toyota, o Etios Hatch. Na dianteira o Toyota Yaris é reconhecido pela sua nova grande grade já seguindo o padrão mundial da montadora japonesa, enquanto a traseira tem um visual bem moderno com lanternas full-led e já no design o hatch deixa bem claro que não se trata de um carro popular. As laterais também são bem alinhadas com vincos suaves e no geral o projeto não mostra seus anos, apesar da Toyota já ter anunciado o lançamento mundial de um novo Yaris que deve chegar em 2022 ao Brasil.

O Yaris Hatch XL Live é o único que tem a opção de vir equipado com câmbio manual de 6 velocidades ou o CVT automático de sete marchas e o motor desta versão, o 1.3 flex com 101 cavalos de potência, também é exclusivo dela. Todas as outras versões do Toyota Yaris Hatch vêm com o motor 1.5 com 16 válvulas e distribuição variável de 110 cavalos e estão disponíveis apenas com o CVT automático de sete marchas. A tração é dianteira em todas as versões do hatch.

Com o motor 1.5, o Toyota Yaris Hatch acelera de 0 a 100 km/hora em 11,7 segundos e atinge velocidade máxima de 187 km/hora. É um valor um tanto modesto, que é explicado mais pela caixa CVT do que pelo motor. O Toyota Yaris Hatch XL Live 1.3 tem desempenho um pouco inferior, mas não chega a ser uma grande decepção, alcançando velocidade máxima de 170 km/hora e fazendo de 0 a 100 km/hora em 12,5 segundos. O consumo é bastante interessante para um carro que fica em um segmento que poderíamos chamar de hatchs premium, tendo o consumo mais próximo de populares compactos apesar de ser um carro superior, mas diferença no desempenho do 1.3 que é mais econômico não vale a troca pelo do motor 1.5. O 1.3 roda 9, 0 km/litro na cidade e 9,9 km/litro na cidade com etanol e 13,1 e 14,2 km/litro, respectivamente na cidade e na estrada, abastecido com gasolina. Já as versões do Yaris Hatch com o motor 1.5 rodam na cidade 9,0 km/litro com etanol e 13,0 km/litro com gasolina, enquanto na estrada ele faz 9,6 km/litro quando está abastecido com etanol e este número salta para bons 14,5 km/litro com gasolina.

Como qualquer carro orientado para o uso diário, o conforto do Toyota Yaris se adapta perfeitamente à cidade, graças a um sistema de suspensão bem ajustado e uma direção suave que prioriza as constantes manobras e trocas de marchas na cidade. Na estrada o comportamento é estável e faz as curvas de forma tranquila, mesmo em velocidades mais altas, graças ao controle de tração e estabilidade. Mas é também na estrada que alguns aspectos do Toyota Yaris são um pouco limitados, o hatch tem pouca agilidade por causa do câmbio CVT automático e soma-se a isto um motor barulhento e a direção um pouco pesada. Nesse sentido, a versão manual é mais recomendada, mas só está disponível na versão básica, XL Live. De qualquer maneira, em geral, o mesmo mantra é repetido em muitos carros similares, tudo será melhor na cidade e na estrada sempre vemos algumas falhas. Pelo uso que a maioria dos compradores vai dar seus carros, acaba cumprindo bem seu papel.

No interior, o grande painel é caracterizado por linhas mais suaves, mas sem dúvida, muito mais modernas do que as do Yaris tailandês. Materiais e acabamentos são de boa qualidade, nada excepcional, mas tampouco desagradam. A posição ao dirigir do Toyota Yaris é melhorada pelo banco muito confortável que pode ser ajustado em altura, além dos deslocamentos padrão de distância e inclinação do encosto. A limitação vem da direção: que pode ser ajustada em altura, mas não em profundidade. Os bancos traseiros têm espaço suficiente para as pernas, o que também o beneficia é o piso completamente plano. A cabeça, no caso de pessoas (não tão altas), pode tocar o teto, deixando menos confortável.

A versão básica, o Yaris XL Live 1.3, é bem espartana, possuindo apenas algumas comodidades bem comuns, como abertura interna do tanque de combustível, controles do volante e computador de bordo. No outro extremo das versões, sendo a topo de linha, o Yaris XLS Connect 1.5 oferece mais coisas sem alcançar o luxo contando com ar-condicionado digital, controle de cruzeiro, câmera de estacionamento e vidros elétricos one-touch nas quatro janelas. O aventureiro Yaris X Way Connect traz alguns itens que lembram offroad, mas só lembram, não espere comportamento de offroad.

O painel do Toyota Yaris Hatch possui um velocímetro analógico central com bom tamanho e muito fácil de ler. O tacômetro é menor e também é analógico. O restante das informações está disponível em um display digital muito completo, localizado à direita do painel. Nas versões mais equipadas, o sistema multimídia inclui uma tela sensível ao toque de 7 polegadas e a conectividade traz portas USB e Bluetooth. Nas novas versões Connect o dispositivo é compatível com o Apple CarPlay ou o Android Auto e tem lojas de aplicativos e wi-fi integrado que possibilita captar dados do sinal 4G do telefone celular.

Salvo airbags, lateral, de cortina e joelhos, disponíveis no Yaris Hatch XS Connect, XLS Connect e X Way Connect e faróis de neblina, outros itens de segurança estão disponíveis em todos da linha. Isso inclui freios ABS com EBD, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em subidas, faróis de neblina traseiros, barras de proteção lateral e ganchos isofix. Mais uma vez, a Toyota dá o exemplo, economizando o mínimo possível no aspecto de segurança.

A essência do Toyota Hatch Yaris é a de um moderno compacto de gama média, voltado para aqueles que aspiram a algo mais do que um com bom preço, como o Fiat Argo, Renault Sandero, o Chevrolet Novo Onix ou o Ford Ka em suas versões intermediárias e topo de linha. Neste sentido, o Yaris oferta um plus muito interessante em termos de design exterior e eficiência do motor, com um desempenho competente, mas não impressionante, o mesmo acontece no conforto e na oferta de equipamentos, fazendo-o concorrer diretamente com o Volkswagen Polo também. Além das especificidades, a decisão de comprar um Toyota Yaris Hatch Novo depende de um equilíbrio de fatores. O carro pertence a um segmento acessível, perfeito para se locomover pela cidade e tem muitos, muitos concorrentes mesmo. E você terá que listar duas ou três prioridades e comparar o Toyota Yaris com os outros hatchs do segmento.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O consumo do Toyota Yaris Hatch 1.3 é de 13,1 km/litro na cidade e 14,2 km/litro na estrada com gasolina. Com álcool, o consumo é de 9 km/litro na cidade e 9,9 km/litro na estrada.

O Toyota Yaris Hatch 1.5 tem 110 cavalos de potência máxima alcançando a velocidade máxima de 187 km/hora e acelerando de 0 a 100 km/hora em 11,7 segundos.

O Toyota Yaris Hatch é comercializado a partir de R$ 67.200,00 em sua versão de entrada, o Yaris Hatch 1.3 X Live MT, até R$ 87.300,00, na versão topo de linha, o Yaris Hatch XLS Connect 1.5 AT.