Ganhe R$500,00 em RappiCréditos ao comprar um carro na Karvi com a logo da Rappi!

Nissan Leaf

Versões Leaf

Leaf

Leaf

Resumo

Versão única com motor elétrico com 149 cavalos e câmbio automático, completo em itens de conforto e de segurança ativa, possui controle de estabilidade.

Resumo Leaf:

Para a linha 2020 a Nissan trouxe o Leaf importado da Inglaterra, seu carro elétrico que aliás, é o carro elétrico mais vendido do mundo, tem como concorrentes diretos no Brasil o Chevrolet Bolt, o Renault Zoe e o Volkswagen Golf GTE. O Leaf desembarca de uma vez só no Brasil, na Argentina, no Chile e na Colômbia. O Leaf está na sua segunda geração e é ela que chega ao Brasil, mais potente e com maior autonomia, além do design ter sido atualizado. Como em todo o mundo, o Leaf tem tudo para também se destacar e ser um dos líderes do mercado de carros elétricos no Brasil. Vamos arrancar e entender o porquê.

O design do Leaf acompanha as mudanças em toda linha Nissan para o design V-Motion com o grande V na grade dianteira contornado com detalhe Black-piano. O carro é futurista, mas sem exageros. As lanternas em LED e o tamanho do Leaf nos deixam um pouco confusos se o carro é um compacto médio, que pelas dimensões o é ou uma SUV de pequeno porte, com as possibilidades de pintura bicolor suas semelhanças com a Kicks são ainda maiores. Esta pintura bicolor cria também uma sensação de teto flutuante, que visualmente deixa o carro muito atraente, ela se estende até a tampa do porta-malas que fecha um lindo conjunto com as lanternas traseiras tipo bumerangue.

O motor elétrico do Leaf tem 149 cavalos e a suspensão foi ajustada para o mercado latino-americano fazendo com que o Leaf perca um pouco de autonomia como veremos no item seguinte, mas faltou um pouco de ajuste o carro ainda sofre um pouco com nossas ruas esburacadas. Aliado com o motor elétrico bifásico está o câmbio automático somente com marcha ré e diferencial, como todo carro elétrico e que já usa o torque máximo desde a primeira acelerada. Os freios são a disco nas quatro rodas e a suspensão é traseira.

O propulsor do Leaf faz o mito de que carro elétrico lento e de uso exclusivamente urbano cair por terra, o carro faz de 0 a 100 km/hora em 7,9 segundos e atingir velocidade máxima de 144 km/hora, não é um esportivo, mas está muito longe de ser um carro lento. A autonomia divulgada na Europa para o Leaf com a bateria totalmente carregada é 389 quilômetros, com as nossas ruas esburacadas e estradas mal conservadas a Nissan está divulgando uma autonomia de 240 quilômetros, mas muitos testes drives tem comprovado que a autonomia do Leaf é bastante maior que isto, em praticamente todos os testes o carro superou os 300 quilômetros de autonomia com a bateria totalmente carregada. Há três níveis de recarga, com a recarga rápida que é a feita nos postos ele carrega até 80% da bateria em 40 minutos, para uma carga completa em casa o carro precisa de mais ou menos cinco horas. O custo de todas as revisões até os 60.000 quilômetros somadas dão mais ou menos o mesmo valor de uma revisão de um carro do mesmo valor que o Leaf, se somarmos isto com a economia de combustível, a economia é enorme, já que o carro gasta mais ou menos um quarto do valor para percorrer o mesmo trajeto que um carro de mil cilindradas.

O prazer ao dirigir é um dos pontos fortes do Nissan Leaf, o carro é muito ajustado e por mais que possa parecer estranho, é muito fácil se adaptar à alavanca de câmbio que mais parece um joystick e o sistema e-pedal que acelera e freia somente usando o pedal do acelerador, quando você tira o pé aciona o freio do carro até a parada total. Estes sistemas mesmo sendo muito diferentes do que estamos acostumados, no final das contas tornam o Leaf mais confortável para dirigir do que outros carros. A perfeita posição ao dirigir é alcançada com a regulagem de altura e profundidade do volante e os ajustes elétricos de distância, altura e da lombar para o banco do motorista, fecha este pacote os bancos com desenho que privilegiam a ergonomia e tornam uma experiência única dirigir o Leaf, ainda mais que pelo propulsor elétrico no primeiro toque no acelerador o carro já te entrega potência máxima o que o faz muito rápido em ultrapassagens e retomadas e tem nível de ruído zero.

Apesar da bateria estar toda abaixo do carro, a Nissan manteve o tubo central o que deixa o carro desconfortável para o quinto passageiro, fora isto, espaço interno não é problema no Leaf viajam muito bem quatro passageiros e suas malas, ele tem porta-malas comparável com sedã com seus 435 litros dá para carregar quatro malas médias sem problemas.

Faróis adaptáveis para uso diurno que também economizam bateria, o Leaf vem também com rodas de liga leve, Nissan Away Assiste com canal específico para dúvidas sobre o funcionamento do Leaf, bancos em couro, ar-condicionado digital com duas zonas e muitos outros itens que tornam o Leaf completo, mas nada que saia da média de equipamentos oferecidos pelos carros de sua faixa de preço.

No painel ao lado direito velocímetro analógico e ao lado esquerdo muitas funções, especialmente com respeito à autonomia, indicando nível, quilometragem que ainda pode rodar, sistema de aviso ao serviço de suporte da Nissan e muitas outras funções. O kit multimídia tem GPS integrado, espalhamento para celulares, possibilidade de conexão via Wi-fi e loja de aplicativos e conta com uma tela de oito polegadas sensível ao toque, que alterna funções caso o motorista queira deixar os comandos de consumo de bateria na sua tela.

Os itens de segurança do Leaf formam uma longa lista, o carro conta com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de 360 graus, alerta de transição de faixa, alerta de tráfego cruzado, apoio de cabeça e cinto de três pontos para os cinco passageiros, acionamento dos freios com controle de velocidade com relação ao carro da frente, seis airbags, sendo dois frontais, dois laterais e dois de cortina, freios com ABS e EDB. O Leaf ainda tem o sistema e-pedal e modo de dirigir alternativo ainda mais seguro com ajustes na suspensão e na estabilidade e que fazem da segurança um dos pontos fortes do Leaf.

A compra de um carro elétrico no Brasil ainda envolve questões com a falta de postos para recarga, mas isto deve ir diminuindo a cada ano e provavelmente de forma bastante rápida, mas por enquanto os elétricos não são uma boa compra como único carro, já que nosso único corredor elétrico é a Rodovia Dutra que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. Agora se você for usar como um segundo carro o Leaf deve deixar seus concorrentes para trás, com projeto mais moderno e desempenho comparável com Zoe, Bolt e Golf, o Leaf se mostrou mais bem acabado e com bateria mais resistente e tem tudo para ser sua escolha e ir consolidando-se como o líder do mercado de carros elétricos no Brasil, assim como já é no mundo.

Perguntas Frequentes (FAQ)

O Nissan Leaf não necessita combustível por se tratar de um carro elétrico, com a bateria totalmente carregada a autonomia é cerca de 300 quilômetros. Carrega 80% da bateria em 40 minutos.

O Nissan Leaf tem um motor elétrico com 149 cavalos de potência máxima, alcançando a velocidade máxima de 144 km/hora e acelerando a 0 a 100 km/hora em 7,9 segundos.

O Nissan Leaf é o carro elétrico da montadora japonesa, comercializado em versão única, completa em equipamentos de conforto e segurança, com preços a partir de R$ 149.900,00.